Os principais cuidados no cultivo da Flor de Natal!

Você provavelmente já conhece a poinsétia, uma linda flor de pétalas vermelhas muito utilizada na decoração de Natal! Além de ser linda, o cultivo dessa planta, que também é conhecida por Flor de Natal, Bico-de-Papagaio ou Flor de São João, é bem simples.

Suas flores são brácteas, ou seja, tem folhas modificadas que podem apresentar diferentes tonalidades, como vermelho, salmão, bege e até branco. Isso ocorre devido ao melhoramento genético desenvolvido em centros de pesquisa e pelos produtores de mudas.

Ela é uma planta nativa da América Central, aprecia sol direto e solo bem drenado. E você poderá tê-la por vários anos, já que ela é uma planta perene e seu ciclo dura por muito tempo.

A poinsétia se desenvolve muito bem nos vasos autoirrigáveis Raiz. Se for cultivada dentro de casa, deve ser posicionada próxima às janelas para que receba o máximo de luz solar diariamente.

Busque sempre manter o substrato ligeiramente úmido, principalmente em dias muito quentes e secos, para que a planta não fique murcha. Porém, não exagere, pois o solo não pode ficar encharcado, já que ela não tolera água em excesso.

Na natureza, a Flor de Natal é encontrada em canteiros, ou bordaduras com outras espécies de arbustos, podendo atingir até 3 metros de altura. Em casa, à medida que a planta cresce, a parte de baixo vai ficando com os galhos ralos e sem folhas, por isso é recomendada a poda para que rebrote mais forte e saudável.

Na hora de plantar opte pelos vasos 3 e 4, de acordo com o tamanho da muda que escolher. Se quiser dar um clima natalino ao ambiente, selecione um vaso Raiz de cor vermelha para a sua Flor de Natal.

Se pegar gosto, experimente cultivar as diferentes variedades de poinsétias que vão levar muita cor e beleza para sua casa!

Aproveitando o clima natalino, confira a receita de Trufas de Natal com chocolate e physalis da série Inspirar, Cultivar e Temperar!